Táxi Acessível | 2 Exemplos que devem ser seguidos

postado em: Informativo PcD | 1
Aplicativo facilita serviço de Táxi para Pessoas com Deficiência
Aplicativo facilita serviço de Táxi para Pessoas com Deficiência

Aplicativo facilita Serviço de Táxi Acessível para Pessoas com Deficiência

 
Um novo aplicativo foi lançado na manhã desta quarta-feira (1), na Prefeitura de Curitiba, para facilitar o pedido de Táxi por Pessoas com Deficiência. Desenvolvido pela Associação das Centrais de Rádios Táxis (Acert) de Curitiba, em parceria com a Prefeitura, o aplicativo Central Táxi Curitiba irá agilizar a localização de um dos 20 táxis adaptados que fazem parte da nova frota de Curitiba. O aplicativo poderá ser baixado gratuitamente pelas plataformas Android e Apple (IOS).
 
Além de facilitar o chamamento específico do táxi adaptado, a ferramenta permite que taxistas e usuários se comuniquem para indicar onde estão e em quanto tempo se encontram. Ainda tem uma calculadora que permite verificar quanto irá custar a viagem.
 
Esta é mais uma medida para melhorar o atendimento do serviço de táxi da cidade. Desde o início da atual gestão, a melhoria do atendimento foi garantida com a abertura de licitação para novos veículos, a inclusão de carros adaptados, que também podem ser utilizados por outros passageiros.


Publicidade

Curso: Como Fazer Isenção (CFI)

Como Dominar um Mercado que NÃO conhece Crise

COMO POSSO ME RECICLAR OU ME TORNAR UM PROFISSIONAL EM ISENÇÕES? CLIQUE AQUI.


O prefeito Gustavo Fruet participou do lançamento do aplicativo e falou da importância dos diversos programas geridos pela Secretaria da Pessoa com Deficiência, como o Acesso – um ônibus que pega e leva pessoas para consultas médicas e fisioterapêuticas – e as medidas tomadas por diversas secretarias para garantir a inclusão de todos os cidadãos ao serviços.
 
Também falou sobre a importância dos taxistas para a cidade. “Estamos gradativamente resolvendo os problemas do serviço de táxi e hoje temos seguramente um dos melhores serviços entre todas as capitais brasileiras. E só temos a agradecer aos taxistas: vocês estão na linha de frente da cidade, atendendo aos nossos moradores e também levando a boa imagem da cidade para turistas do Brasil e do mundo”, disse.
 
Fruet ainda lembrou que a Urbs vem abrindo seus dados, garantindo o desenvolvimento de tecnologia por parte de estudantes e empresas. “Curitiba é a primeira capital a abrir todos os dados do serviço de transporte e isso é importante para que o cidadão acesse aplicativos chancelados pela Prefeitura, o que dá mais segurança para a população e também garante que não haja abuso na cobrança de tarifas”, disse.
 
Diálogo
 
A proposta do aplicativo é resultado de um diálogo entre a Urbs e Secretaria da Pessoa com Deficiência com a Acert. “Esse aplicativo é uma conquista para facilitar o atendimento, principalmente à pessoa com deficiência. A gestão do prefeito Gustavo Fruet aproxima cada vez mais a Prefeitura dos serviços e atendimentos que atuam na política de inclusão da pessoa com deficiência”, disse a secretária da Secretaria Especial dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Mirella Prosdócimo.
 
De acordo com o presidente da Urbs, Roberto Gregório da Silva Júnior, desde o início do processo de licitação, a Secretaria da Pessoa com Deficiência se envolveu para garantir facilidades no atendimento. “Temos que ressaltar o empenho desta parceria e relembrar que a licitação para os táxis compartilhados foi um passo significativo para o taxista, que faz um atendimento importante e é peça fundamental na transformação do sistema de táxi”, disse Silva Junior.
 
De acordo com o presidente da Acert, o momento é de divulgar para a população de Curitiba este novo canal que possibilita, por meio do smartphone, localizar no app o ícone para usuário de cadeira de rodas e, após o pedido, acompanhar de maneira online com o taxista irá atendê-lo.
 
“Vale destacar o mérito da Prefeitura para que fosse desenvolvido junto ao App da Central Táxi esse ícone para o cadeirante. Todas as centrais estarão aptas a receber chamadas, realizar a pesquisa de busca e em pouco tempo o usuário já saberá qual táxi irá atendê-lo”, disse o presidente da Associação, Julcimar F. Zambon.
 
Os desenvolvedores e a Central Táxi dizem que o aplicativo com essa ferramenta para pessoas com deficiência é inédito no Brasil. “Criamos uma ferramenta que permite o taxista estar logado em estado de livre, ocupado e ainda aceitar chamadas pendentes. Taxista e usuário terão contato direto e online, assim que a Central localizar o veículo mais próximo e acionar o táxi”, destaca Amauri Luis Mocki Junior, diretor da empresa Lithus Sistemas Eletrônicos.
 
Antonio Zanette Lopes, um dos motoristas que atua com o táxi compartilhado, disse que a ferramenta vai facilitar o trabalho dele também. “A grande diferença é que antes o cliente não sabia onde encontrar os táxis compartilhados e tinha dificuldade de nos chamar. Agora, com o aplicativo, mantemos um contato online com o cliente assim que recebemos a chamada”, disse Lopes.
 
Participaram do evento os vereadores Jairo Marcelino e Felipe Braga Cortes; o diretor da Associação Comercial do Paraná (ACP), Camilo Turmina, secretários e administradores regionais.
 
Como funciona
 
• Qualquer pessoa poderá fazer o chamado do seu smartphone ou no site da Central Táxi, ou ainda pelas centrais de táxi que despacham a chamada para o aplicativo. Basta fazer um cadastro simples e navegar. Sempre que pedir um táxi, o usuário poderá entrar em contato com o taxista por chat ou por telefone.
• O Aplicativo Central Táxi oferece uma calculadora de tarifa. Basta informar a origem e o destino.
• O aplicativo oferece as opções de solicitar táxis que aceitam pagamentos em dinheiro, voucher, cartão de crédito ou débito, e também o sistema e-Voucher.
• É possível ainda adicionar endereços aos favoritos. O usuário pode salvar nos favoritos o endereço de casa e do trabalho, da casa dos amigos e familiares, facilitando na hora de pedir o táxi para visitá-los.
• Para facilitar o atendimento para pessoas de idade ou que não possuem smartphones e acesso à internet, a população poderá contar com a central telefônica da Central Táxi, tanto para chamadas, quanto para queixas e reclamações, contando com o pronto atendimento da equipe, 24 horas por dia.
• Na região central a busca pelo táxi mais próximo inicia com 300 metros e vai ampliando para 500 e 1000 metros. Nos bairros, a busca inicia com 500 metros e ampliando para 1.000 metros até localizar.
 
 
Exemplo de Santos, Litoral de São Paulo.
 
Além de ser primeira cidade da Baixada Santista a oferecer o Serviço de Táxi Acessível (Adaptado), a cidade também conta o Serviço de Chamada via aplicativo.
 
Grande parte da frota de Táxis do município já aderiu ao aplicativo Baixada Táxi, que pode ser baixado gratuitamente pelas plataformas Android e Apple (IOS). O Táxi Acessível da frota da cidade também pode ser acionado através do mesmo serviço.
 
Sobre o Táxi Acessível
 
Por enquanto, somente um táxi da frota faz esse tipo de viagem e tem o mesmo custo que um carro comum. Ele já tem feito mais de 30 viagens por semana e os passageiros têm aprovado o seus serviços.
 
O serviço tem ajudado desde Pessoas com deficiência ou Mobilidade Reduzida, até quem se encontra em Pós-operatório ou Idosos que precisam de um conforto especial.
 
Assista a reportagem abaixo sobre 1º Táxi Acessível de Santos:
 

 

Artigos Relacionados:

 
Como comprar carro com até 30% de desconto
Como tirar a CNH Especial | Pessoa com Deficiência
Laudo: Perito do Detran ou Médico do SUS?
4 Dicas de Como encontrar um Bom Profissional em Isenções
ICMS-SP para todo o Brasil
 


Publicidade

Curso: Como Fazer Isenção (CFI)

Como Dominar um Mercado que NÃO conhece Crise

COMO POSSO ME RECICLAR OU ME TORNAR UM PROFISSIONAL EM ISENÇÕES? CLIQUE AQUI.
 
 

Parceria e Sistema

COMO ADQUIRIR O SISTEMA E SE TORNAR UM PARCEIRO DESPNET? CLIQUE AQUI.
 
 

Consultores em sua Região

LISTA DE ESCRITÓRIOS ESPECIALISTAS EM ISENÇÃO POR REGIÃO. CLIQUE AQUI.
 


Curta minha Página no Facebook

 

Assine meu Canal no Youtube

 


E aí, gostou do artigo? Deixe seu comentário! Compartilhe 😉
Ele é muito importante para a Melhoria Contínua do Serviço que faço pra você!

 
Fontes:
Baixada Táxi
SMCS
 

Uma resposta

  1. CONFAZ Prorroga Convênio 38 até 30 de Abril de 2017

    No dia 02 de Outubro, último, o CONFAZ se reuniu novamente a fim de discutir a prorrogação do convênio permissivo a isenção do ICMS na compra de veículos ZERO KM para pessoas com deficiência, beneficio este que venceria em Dezembro/2015. Ficou decidido então a prorrogação até 30 de Abril de 2017, sendo que foi mantido o teto de R$ 70 mil reais.

Deixe uma resposta